domingo, 10 de maio de 2009

Hoje é o dia!


Hoje é o dia de celebração do Só Lhe Dão Solidão, porque, desde quando eu comecei a escrever aqui, precisamente em 16 de dezembro de 2008, uma terça-feira, hoje é o dia que sinto mais o significado desse título que dei ao blog. Todo o vácuo da falta de possibilidades e de querer qualquer possibilidade me bate na porta geralmente aos domingos. Estranhamente, hoje, veio mais cedo. E amanhã, provavelmente, tem a dose dupla.

Geralmente, estranhamente, provavelmente, haha.

Às vezes, acho que cometo uma experiência comigo mesmo. Eu me faço de cobaia para uma outra parte que quer passar. Crio coisas e deixo no ar um outro eu, que é o mesmo, e somente tem a necessidade de ser outro, para ser dois, não diferentes. Então, esse meu outro eu diz: "Tudo bem!", para o outro que se esforçou anteriormente. Num pequeno mundo à parte eu selo minha órbita e tento manter do lado de fora o indesejável.

Por falar em órbita, é engraçado perceber como a sua anda desritmada, cheia de passos para trás.

Como em uma festa que se preze não podem faltar os quitutes, já pus o meu na boca. É um Crocante da Garoto.

Photobucket

Olha a roupinha dele aí.

Música também é indispensável, por isso, selecionei quatro clipes perfeitos para se sentar numa cadeira giratória, rodopiar uma só vez e parar. Todos usam câmera lenta e acertam em cheio o ritmo da sua órbita.

Com o passar dos dias, meses e anos, vou encontrando metáforas. Estou esperando o despertador me acordar.





Muse - Unintended





Radiohead - Nude





Beck - Lost Cause





Placebo - Follow the Cops Back Home


3 comentários:

Rafaela Gimenes disse...

Hey, feliz dias das mães. :(

Igres Leandro disse...

Feliz dia das mães pra você também. Aliás, como vão os gatos teus filhos? haha.

Rafaela Gimenes disse...

Estão lindos como sempre, ou acha que uma mãe fala mal de seus filhotes? :D:D:D:D